Ensino a distância democratizou o acesso aos cursos de graduação

O Direito Público é um dos ramos do Direito, que, tradicionalmente é dividido em Direito Público e Direito Privado, que trata de interesses ou ainda utilidades imediatas da comunidade em geral. É o interesse geral e comum acima do interesse individual. O Direito Administrativo, o Direito Previdenciário, o Direito Penal e o Processual Penal também fazem parte dele.

Com a globalização e a cada vez mais vigilante sociedade, esse é um ramo que cresce a cada diz mais e se torna mais importante para o bom funcionamento de todo o sistema. Profissionais especializados nesta área estão sendo mais valorizados e, consequentemente, mais bem remunerados. E um dos principais aspectos que leva um profissional do Direito a ser reconhecido na área é a sua especialização.

Para isso, é interessante recorrer aos cursos de pós-graduação. Porém, se você não tem tempo e nem mais disposição de ir às aulas todos os dias, frequentar a faculdade, uma boa solução são os cursos de ensino à distância. Existem faculdades com excelente qualidade, que não ficam nada para trás das que são presenciais, e têm ótimos cursos de Pós-graduação à distância em Direito Público.

Os cursos de pós-graduação podem ser feitos também através do Educa Mais EAD, um programa criado para auxiliar as pessoas com menos condições a iniciar ou dar continuidade aos estudos. O programa oferece bolsas de estudo de até 70%, assim fica muito fácil realizar o pagamento na instituição, além disso, os cursos disponibilizados são presenciais e a distância, você escolhe o melhor a você.

Nas áreas de Direito Administrativo e Direito Previdenciário, por exemplo, o principal objetivo é aprofundar os conhecimentos na área de concentração do Direito Administrativo, capacitando o aluno para a compreensão e docência do segmento e adentrando nas questões de sua existência e operacionalização, visando atender, com qualidade às necessidades profissionais do Estado brasileiro, em seus vários níveis. O curso, que tem duração média de 12 meses, é recomendável para bacharéis em Direito, advogados, procuradores, magistrados e servidores públicos.

Já o curso de pós-graduação em Direito Previdenciário apresenta de forma detalhada o segmento, como disciplina emergente do Direito do Trabalho, a partir de uma perspectiva constitucional e de direitos humanos. Tem uma análise, particularizada, de cada um dos direitos de seguridade assegurados constitucionalmente. É um curso ideal para bacharéis em Direito, advogados, procuradores, magistrados e servidores públicos e dura cerca de um ano.

Existem também os bolsas de estudo de pós-graduação à distância em Direito Processual, que estuda a mecânica e o funcionamento do mesmo, através do questionamento à luz da ética, do ordenamento jurídico pátrio e do direito comparado. Tem o objetivo de qualificar graduados em Direito para a advocacia especializada, profissionais para a magistratura, da Defensoria Pública e do Ministério Público, e o aluno para o magistério superior em Direito, além de preparar para concursos públicos. São cerca de 360 horas de aula e cinco matérias.

Além da CNH outro documento veicular também se tornará digital

Uma obrigação anual para todos os proprietários de veículos, o licenciamento permite o automóvel a trafegar nas ruas. Sem o licenciamento, a fiscalização de trânsito pode recolher o veículo e gerar pontos na carteira de motorista do condutor, além de multas. Para não correr esse risco, conheça as taxas e como consultar o licenciamento.

Tal qual o IPVA, o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) ou simplesmente Licenciamento, é uma taxa obrigatória e deve ser paga todos os anos. Veja como realizar seu licenciamento. É importante ficar atento às datas para não pagar juros ou multa sobre o valor da taxa.

O licenciamento é o certificado de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), taxas (bombeiros, licenciamento), possíveis multas de trânsito vencidas e seguro obrigatório (DPVAT).

Como fazer o Licenciamento?

Para fazer o licenciamento, o proprietário do veículo tem duas opções:

  • Presencial: Como o próprio nome já diz, o proprietário deve ir presencialmente a uma das unidades do Detran disponíveis no seu Estado e resgatar o seu Licenciamento.
  • Correios: Após realizar o pagamento em boleto bancário, o Licenciamento chegará em sua residência via Correios.

Você deve conferir junto ao Detran se essas duas formas de emissão do Licenciamento 2020 RJ estão disponíveis para seu Estado.

Taxas Licenciamento

Os valores variam de R$50 a R$200, dependendo do Estado. Essa taxa pode ser paga de duas formas:

  • Pagamento na primeira parcela do IPVA (cota única);
  • Pagamento com o emplacamento (para veículos isentos de IPVA).

Os bancos que arrecadam essa taxa são:

  1. Banco do Brasil
  2. Banco Cooperativo SICREDI
  3. Banco Cooperativo do Brasil (BANCOOB)
  4. Banco Rendimento

Os bancos podem mudar de acordo com cada Estado, mas em geral, esses atendem em maioria. No Detran-PE por exemplo, além do Banco do Brasil, os pagamentos podem ser feitos no Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal e Casas Lotéricas.

Lembrando que o proprietário do veículo só irá conseguir emitir seu Licenciamento se todas as taxas já cobradas já estiverem quitadas, como o IPVA, seguro DPVAT e se houver, multas de trânsito.

Tabela Licenciamento

Para ter acesso a tabela de taxas e valores correspondentes ao seu veículo, você precisa acessar a página do Detran do seu Estado. Através da placa do seu veículo consultada no site, você terá informações referentes as taxas.

Como sabemos, o pagamento é feito de acordo com o número final da placa de cada veículo. Fique atento as datas para não gerar juros ou multas.

Se o seu veículo é um caminhão, você deve ficar atento pois as datas são diferentes das disponíveis para carros, motos e afins.

Quando você efetuar o pagamento do Licenciamento e ainda não tiver recebido, o licenciamento 2019 é válido até você receber o CRLV do ano atual.

Em breve divulgaremos as taxas e datas de pagamento disponíveis para.

Aeronautica anuncia novo Concurso para Médicos

Certame oferta 58 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 9 de outubro.

O Departamento de Ensino da Aeronáutica divulgou no site www.fab.mil.br a Portaria DEPENS Nº 293-T/DE-2, que disponibiliza 58 (cinquenta e oito) vagas para o Curso de Adaptação de Médicos da Aeronáutica, em várias especialidades. Os candidatos interessados deverão acessar o site mencionado acima para fazer a inscrição até o dia 09 de agosto desde ano, até às 15 (quinze) horas, sendo estabelecido o Horário de Brasília como parâmetro.

Este processo de inscrição será feito através de formulários que o (a) candidato (a) deverá preencher corretamente com os seus dados e entre eles a opção de escolher o local das provas escritas e sua especialidade. Depois de completar todo esse processo, o boleto no valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) será disponibilizado para impressão e sua data de vencimento será até o dia 11 (onze) de agosto de 2.016.

O cartão de inscrição será disponibilizado no dia 19 (dezenove) de setembro e deverá ser levado impresso pelo (a) candidato (a) no dia das provas escritas. Caso a inscrição tenha sido indeferida por algum motivo, este comprovante será fornecido no lugar do cartão.

A prova escrita será de múltipla escolha, com 4 (quatro) alternativas e o seu conteúdo será de Língua Portuguesa (com gramática e interpretação de texto) e Conhecimentos Especializados, onde este será determinado pela especialidade escolhida. Após a prova, os candidatos passarão por etapas subsequentes e concentração final, onde entre todos, temos inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, prova prática Oral, teste de avaliação do condicionamento físico, entre outros.

No site mencionado acima podemos fazer o download deste edital e conhecer melhor, no “Anexo B”, o conteúdo programático de todas as provas, bem como o conteúdo específico para cada área de especialização. Neste mesmo edital temos no “Anexo C” o calendário de eventos, onde este informa as datas e descrições de todas as etapas deste processo de exame de admissão.

No “Anexo D” encontramos o quadro de distribuição de vagas, onde além das 16 (dezesseis) especialidades oferecidas, podemos ver a localidade e a quantidade de vagas para cada uma delas.

Conforme mencionado neste edital baixado, todas as informações referentes ao referido exame deverá ser de conhecimento do candidato, então faça o download e leia atentamente todas as recomendações e informações.